Por que pagar para descartar resíduos?

by Alana Gomes

Por que pagar para descartar resíduos?

by Alana Gomes

by Alana Gomes

“Por que pagar para descartar resíduos?” é a dúvida que acomete uma série de pessoas.  A resposta para isso pode ser encontrada ao pensar na grande quantidade de lixo que é produzida diariamente e não pode ser destinada para qualquer lugar.

Para que o lixo seja descartado, um espaço deve ser preparado para evitar contaminação do solo e problemas para o meio ambiente e todo esse processo necessita ser regido por normas ambientais.  Ao contrário do que muitos pensam, todas as preocupações e despesas que envolvem o processo de descarte do lixo, não cabem somente ao governo.

Muitos indagam que, ao pagar o IPTU, uma taxa vai para o recolhimento de lixo. Isso, de fato, acontece e as administrações municipais usam o dinheiro desse imposto para manter a cidade limpa. Isso ocorre pois recolhimento do lixo doméstico é uma obrigação das prefeituras.

Contudo, só a ação das prefeituras não basta, já que existem uma infinidade de materiais que não se encaixam na categoria de resíduos domésticos. Para esses que não se encaixam, muitas vezes, é necessário pagar para descartar corretamente.

Tipos de resíduos:

Segundo o site do Senir, a Política Nacional de Resíduos Sólidos, classifica os resíduos da seguinte forma:

I – quanto à ORIGEM:

  1. Resíduos domiciliares
  2.  Resíduos de limpeza urbana
  3.  Resíduos sólidos urbanos
  4.  Resíduos de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços
  5.  Resíduos dos serviços públicos de saneamento básico
  6.  Resíduos industriais
  7.  Resíduos de serviços de saúde
  8.  Resíduos da construção civil
  9.  Resíduos agrossilvopastoris
  10.  Resíduos de serviços de transportes
  11.  Resíduos de mineração

II – quanto à PERICULOSIDADE:

a) RESÍDUOS PERIGOSOS: aqueles que, em razão de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade, patogenicidade, carcinogenicidade, teratogenicidade e mutagenicidade, apresentam significativo risco à saúde pública ou à qualidade ambiental, de acordo com lei, regulamento ou norma técnica.

"Por que pagar para descartar resíduos?"

Resíduos de diversos tipos destinados incorretamente.

Viu a variedade de resíduos que existem? A maioria deles, necessita de tratamento e destinação adequados e isso, geralmente, envolve custos. Cidadãos, empresas e poder público, de acordo com a Política Nacional de Resíduos sólidos são responsáveis pelos resíduos e precisam destiná-los corretamente.

Política Nacional de Resíduos sólidos: Entenda!

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi instituída pela lei nº 12.305/10. A política contém instrumentos importantes para fazer com o que o país avance no patamar da sustentabilidade.

Além disso, ela traz o conceito de Responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. Dessa forma, ela responsabiliza o poder público, empresas, consumidores e geradores de resíduos para a destinação correta.

 O que é a Responsabilidade compartilhada?

Na responsabilidade compartilhada, a lei institui a responsabilidade dos geradores de resíduo, sejam eles fabricantes, importadores, distribuidores ou comerciantes, do cidadão e das empresas que cuidam do destino dos resíduos sólidos. Por meio dela, o gerador é responsável por todo processo do resíduo.

Com a responsabilidade compartilhada, se o resíduo de uma empresa for jogado em lugar inapropriado, por culpa dela ou de terceiros, a empresa sofre penalidades. Por isso, optar pelo descarte correto é zelar pela imagem de seu negócio. Há muitos casos em organizações são penalizadas por conta de resíduos destinados incorretamente.

A PNRS trouxe uma série de avanços e um outro conceito proposto por ela que ajuda a responder “Por que pagar para descartar resíduos?” é a chamada “Logística Reversa”.

Logística Reversa: O que é?

O termo logística reversa é definido pela Política Nacional de Resíduos Sólidos como:

“Lei 12.305/2010 Art. 3 Inciso XII logística reversa: instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.

É através da logística reversa, por exemplo, que materiais recicláveis de um produto eletrônico em fim de vida útil descartado pelo consumidor poderão retornar ao setor produtivo na forma de matéria-prima.

De acordo com o Portal Resíduos Sólidos, para viabilizar a logística reversa, todas as partes relacionadas ao processo deverão contribuir para o encaminhamento dos produtos em fim de vida útil para a reciclagem ou destinação final ambientalmente adequada.

Para a logística reversa e para cumprir as especificações indicadas PNRS, as empresas, principalmente, precisam despender alguns custos e buscar pelo descarte correto de seus resíduos.

Pagar para descartar? Sim! Há custos no processo do tratamento de resíduos!

O tratamento de resíduos não é um processo simples, mas ele se torna mais fácil quando empresas especializadas te ajudam nisso. Cada resíduo precisa passar por procedimentos específicos para não prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas e isso envolve custos.

Há uma série de procedimentos que são realizados por empresas especializadas para descartar e tratar resíduos, como: coprocessamento, descaracterização, incineração etc. Com eles, os resíduos são destinados corretamente, sem prejudicar o meio ambiente e ganham novas funcionalidades.

Percebeu a importância de pagar para descartar resíduos?  O tratamento adequado de resíduos envolve custos! Mas fique tranquilo, há empresas como a Witzler Soluções Ambientais, que oferecem soluções que se encaixam na realidade e no orçamento de cada negócio.

Quer saber mais sobre o descarte de resíduos? Entre em contato!

Por que pagar para descartar resíduos?

*Unidade de tratamento de resíduos em Uberlândia – Rua João Ascindino da Costa 295 –  Telefone: (34) 3226 8772.

*Unidade de tratamento de resíduos em Bauru – Rua Iracema Cândida Posca 1-110, Distrito Industrial III – 17064864.

Telefone: (14) 3223-8722

Facebook

Instagram

Top